sábado, 20 de dezembro de 2008

[2008] Seda garante saldo positivo com o giro de Cc$ 39.000,00 cubo card



Gráfico do percentual de giro (R$ e Cc$) 3º SEDA


Acabou a 3º SEDA há quase duas semanas e finalmente a contabilidade do seu giro em cubo card foi finalizada. Ao todo, Cc$ 38.985,00 cubo cards giraram pelo projeto.

Para a viabilidade da SEDA foi necessário o custo de Cc$ 16.900,00 cubo cards, sendo que Cc$ 5.161,00 foram produzidos pelos serviços do próprio Espaço Cubo e Cc$ 11.739,00 pelos vários coletivos, empresas e órgãos públicos parceiros da entidade. Além do custo em real se tratar da quantia de R$ 20.477,39 reais.

Em receita, a SEDA propiciou a quantia de R$ 19351,00 cubo cards, sendo que Cc$ 1.680,00 foram trazidos pelas inscrições dos alunos, Cc$ 248,00 da venda de produtos no bar, Cc$ 140,00 da venda de ingressos, Cc$ 109,00 de produtos da feirinha, Cc$ 273,00 provindos do percentual de gastos com Hotel e Restaurante convertidos em crédito para o fundo Cubo Card e Cc$ 16.900,00 dos investimentos como apoio do próprio cubo e outras organizações nos custos do projeto. Além da receita de R$ 25.926,00 reais através do poder público e do próprio projeto.

O clipping da SEDA logo mais nos revela o cálculo de mídia expontânea que o projeto gerou triplicando a quantia desse card gerado como receita. Ainda se computa como giro do card, R$ 2735,00 reais pagos pelo Espaço Cubo em hospedagem e alimentação para a garantia do Fundo Cubo Card (CC$) através do mercado.

Por hora, já concluímos que o cubo card é um tipo de moeda complementar que garante o saldo positivo no hibridismo com o real. Estatisticamente, potencializando o cubo card garantindo parte dos custos de um projeto e consequentemente diminuindo os custos em reais, a possibilidade do lucro em real e cubo card aumentam consideravelmente.

Para conferir esses dados, acesse a planilha financeira da 3º SEDA + Gráfico percentual financeiro 3º SEDA

Um comentário:

Planejamento disse...

Estudarei, Entederei, Aplicarei